Posts com tag “Decoração de quarto

Dicas para montar um quarto de adolescente

1. Elaborar o projeto com o adolescente

Os adolescentes têm idéias bem definidas do que eles gostam ou não, e de um modo geral são meio rebeldes às idéias dos pais. Então a primeira condição para montar um quarto de adolescente é de conversar com seu filho (sua filha).

Quarto Ikea

Você vai aprender a conheça-lo melhor e ele vai descobrir como se planeja um projeto. Busquem inspiração juntos nas revistas, na internet, nas lojas. Pede para ele anotar cores, temas, esportes, ídolos que ele goste e quer ver aparecer no quarto dele.

O objetivo e de escrever um projeto detalhado, com desenho e lista de coisas para fazer (pintura, trocar piso…) e para comprar (acessórios, móveis). Com esse projeto você vai poder fazer um orçamento para a reforma. Se os desejos do adolescente não cabem no orçamento, pede para ele fazer escolhas…

2.Pensar conjugado em vez de pensar quarto

O adolescente passa muito tempo no quarto dele e sonha em independência, A idéia é de transformar o quarto em mini conjugado. Três coisas essenciais não pode faltar num quarto de adolescente : um lugar para dormir, uma mesa de trabalho de boa dimensão e um lugar para relaxar e receber os amigos.

Tudo isso tem que caber num quarto só. Invista em móveis multifuncionais como uma cama com mesa de trabalho integrada ou uma cama que pode servir de sofá durante o dia e tem outra cama embaixo numa gaveta. Crie um espaço de descanso com um tapete e algumas almofadas ou puffs.

3.Facilitar a arrumação

Se é uma coisa que não pode faltar num quarto de adolescente, é espaço para guardar coisas.

Já que nessa idade eles não são muito ligados na arrumação, você tem que fazer de tudo para facilitar e incentivar a organização.

Caixas embaixo da cama, cestas, estantes, armários, procure multiplicar as opções para que ele guarde as coisas dele direitinho e fica rezando para que isso aconteça!

4.Capricha no projeto de iluminação

O ideal é combinar três tipos de iluminação : um forte para a mesa de trabalho, um geral no teto e um mais suave para relaxar, conversar com amigos. O sonho do seu adolescente? Um LED com várias opções de cores… para impressionar a garotada !

Marina Ribadeau Dumas, coach em decoração, Rio de Janeiro, serenidade.decor@gmail.com, cel. (21)9799.3777


O estilo Pop, para um interior super colorido e despojado (2)

Na moda nos anos 60-70, o estilo pop é um estilo de decoração muito original baseado em cores vivas, estampadas variadas e móveis design.

Marie Claire Maison

Móveis pop, o culto do design e do vintage

Como esse estilo é típico dos anos 60-70, oideal é ter móveis daquela época. São peças em geral arredondadas, coloridas e engraçadas. Está na hora de explorar a garagem de seus avós !

Móvel vintage

Você também pode comprar sem se arruinar reedição de móveis design como a cadeira Panton, o puff Tam-Tam ou a mesa Tulip e misturar com peças achadas nos antiquários.

Reedição de móveis pop

Se você não quer comprar móveis pode transformar aqueles que você tem, pintando eles com cores vibrantes ou cobrindo eles com vinil adesivo ou tecido com estampadas coloridas.

Veja por exemplo a estante do designer Jacques Jarrige, fácil de reproduzir numa estante branca bem básica :

Estante "Clouds", Jacques Jarridge

ou inspire-se desse projeto publicado na revista Minha Casa : um armário recoberto de vinil:

 

Armario vinil, Minha Casa

Acessórios pop : misturas irreverentes

Acessórios bem escolhidos podem ser suficientes para dar um toque pop a seu interior. Mesmo deixando as suas paredes brancas, as cores vibrantes do estilo pop vão trazer alegria e caráter a sua casa.

A tela Pop Art no estilo Andy Warhol é uma fonte de inspiração que você pode aplicar em telas personalizadas com suas fotos, em almofadas, etc. Várias lojas oferecem esse tipo de serviço hoje em dia.

Procure imprimir o seu próprio estilo na sua casa, misturando acessórios kitsch como, por exemplo, uma cortina de miçangas ou um globo espalhado e motorizado do tipo discoteca, objetos de inox ou de plástico colorido inspirados dos anos 60-70. É só usar a sua imaginação e o seu espírito criativo!

Quer ajuda para adaptar o estilo pop na sua casa ? Entre em contato e agende uma visita gratuita para saber como podemos ajudar você! Marina Ribadeau Dumas, serenidade.decor@gmail.com, Cel. (21)97993777


O estilo Pop, para um interior super colorido e despojado (1)

Na moda nos anos 60-70, o estilo pop não designa só a música daquela época, mas também um estilo de decoração muito original baseado em cores vivas, estampadas variadas e móveis design.

Hotel Palm Opera

Esse tipo de decoração virou moda e consequentemente o preço dos móveis vintage dos anos 60-70 não para de crescer. Mesmo assim, vamos ver que você pode se inspirar do estilo pop sem se arruinar.

Cores e materiais ousados

A decoração pop é ideal para quem quer criar uma atmosfera engraçada e alegre. Esse estilo consegue dar uma personalidade a qualquer ambiente sem graça.


Uma decoração pop é antes de tudo uma decoração que não leva as coisas ao sério, que procura misturar objetos ou móveis engraçados e cores vibrantes. Rosa choque, roxo, verde maça, vermelho, amarelo… até cores fluorescentes, todas as cores servem sob condição de que são fortes e contrastável.

Quando se trata de escolher materiais, o estilo pop também acerta em misturar as coisas : resina, fórmica, vinil, até pêlo de animais.


Você pode escolher entre diferentes opções para cobrir as paredes. O papel de parede com estampadas dos anos 60-70 é o mais indicado, mas numa parede só, porque pode ficar muito carregado especialmente nos ambientes pequenos. Todas estampadas coloridas e engraçadas servem: de bolinhas, com flores, geométrico, psicodélico… Adesivos de parede também são uma solução bem legal.

Para misturar cores e materiais sem errar, procure dar uma unidade à sua decoração escolhendo um camaïeu com uma cor, por exemplo, o laranja. Outra opção fácil é de pegar um quadro Pop Art do tipo Marilyn e de usar as cores do quadro para a sua decoração.

Marina Ribadeau Dumas coach em decoração, Rio de Janeiro,serenidade.decor@gmail.com, Cel. (21)97993777


O estilo francês revisitado : um quarto romântico e relaxante

Aqui está a nossa última realização. Esse quarto de casal foi redecorado num estilo romântico francês, com o objetivo de criar um espaço propício ao descanso e ao relaxamento.

O quarto antes

A fim de aproveitar o máximo da luz natural, as paredes foram pintadas de branco neve e a cor reservada ao teto. Nessa parte foi usado um azul muito claro para acrescentar a sensação de espaço e de luz. Um lustre no estilo romântico valoriza o teto colorido.


A mesa de trabalho, fonte de estresse num quarto, foi retirada e colocada num outro cômodo para devolver ao quarto a função dele. Os outros móveis foram conservados e associados com novos móveis.


Para revistar o estilo Provence dos móveis com decapés, o tradicional aparador foi trocado por um banco de carpinteiro recuperado numa obra e pintado de branco. Associado a caixotes de mercado pintados, o banco traz um toque despojado que contrasta com o chique do lustre e da coleção de espelhos dourados.

A poltrona transparente do designer Philip Starck inspirado do estilo Luis XVI, completa a decoração. O resultado é um quarto chique e romântico no estilo francês, com um toque de modernidade e de originalidade.

Você está sonhando em reformar o seu quarto ? Entre em contato e agende uma visita gratuita para saber como podemos ajudar você! Marina Ribadeau Dumas, serenidade.decor@gmail.com, Cel. (21)97993777


Uma decoração inspirada da África

A África está na moda. O estio étnico continue fazendo sucesso e uma das tendências da decoração para 2011 é de integrar objetos ou tecidos africanos na sua decoração. Aqui está algumas idéias para você se inspirar.

As cores dominantes do estilo africano são o bege, o marrom, o caqui e o ocre. Essas cores se inspiram da cores das casas africanas.

Mas para quem procure a simplicidade, o branco e preto também servem. Pode também soltar a sua imaginação e criar combinação inesperadas como foi feito nesse quarto, pintando as paredes de vermelho:

Os móveis do estilo africano são em general de madeira bruta, às vezes esculpido. Cadeiras, mesas e camas são baixas, maciços, com design simples.

Uma decoração usando exclusivamente móveis africanos pode ficar muito pesado, por isso o ideal é combinar algumas peças étnicas com móveis mais contemporâneos.


Um mosquiteiro pendurado acima da cama acrescente o estilo étnico e da um toque de charme ao quarto, sem gastar muito.

Os objetos da decoração africana

No estilo étnico, os objetos são essenciais. Para uma decoração africana, você tem bastante escolha : máscaras, estátuas, pratos de madeira, armas, jogos tradicionais, instrumentos de música, telas com cenários do dia-a- dia na Africa ….

Para dar um toque “safári”, as peles de animais sintéticas ou verdadeiras podem ser usadas como tapete ou para enfeitar uma parede ou a cama.

Os tecidos artesanais africanos também podem ser fonte de inspiração para animar a sua decoração : use-os nas almofadas, nas paredes ou como foi feito aqui, num trabalho de retalhos na sua cama ou sofá:


Para dar um toque africano a um cômodo sem gastar muito, pode simplesmente criar um décor, usando tons bege, ocre e marrom e acrescentando telas africanas ou adesivo de parede como esse aqui:

Você precisa de ajuda para mudar a sua decoração? Entre em contato para ver em que podemos ajudar você. Marina Ribadeau Dumas, serenidade.decor@gmail.com, Cel. (21)9799.3777


Tudo que você precisa saber para colocar um adesivo de parede

Os adesivos de parede estão na moda. Eles oferecem várias opções para enfeitar paredes, portas, até geladeira ou móveis. Aqui está algumas dicas para você acertar na hora de escolher e usá-los.

1. Escolher um adesivo

Pense bem no lugar que você vai colocar o adesivo e procure visualizar o espaço que ele vai ocupar na parede. Um adesivo não precisa cobrir a parede toda, mas tem que ser proporcionado

Comprando um adesivo na internet, verifique o tamanho dele. Muitas vezes as fotos mostram os adesivos maiores, mas o preço indicado é do menor.

2. A preparação

Os adesivos podem ser aplicados em qualquer superfície lisa: paredes, vidros, móveis, eletrodomésticos… Mas a superfície tem que ser absolutamente limpa (limpe-a com água, sabão ou  álcool se preciso).

Prepare o adesivo: bote-o numa superfície lisa (chão, mesa…), com o suporte de papel por baixo e o plástico transparente para cima. Alise-o com um pano para garantir que o adesivo grude no plástico de proteção.

Foto Elleadore.com

3. Colocação do adesivo

Separe o adesivo da máscara de papel com muito cuidado para que o adesivo não fique grudado ao papel.

Depois de retirado o desenho do papel, posicione-o na superfície desejada. Passe a espátula (a venda nos sites de adesivos) ou um cartão de superfície dura (tipo cartão de crédito) sobre o adesivo começando do centro até suas bordas e de cima para baixo.

Foto Elleadore.com

Passe a espátula apertando bem, para garantir maior aderência e eliminar algumas bolhas de ar que possam ficam.

Remova o plástico cuidadosamente e aos poucos.

Foto Elleadore.com

Se bolhas de ar aparecem, faça um pequeno furo com uma agulha e passe a espátula lentamente até desaparecer. Pode também alisar o adesivo usando um pano macio na superfície dele.

Marina Ribadeau Dumas coach em decoração, Rio de Janeiro,serenidade.decor@gmail.com, Cel. (21)9799.3777


Redecoração econômica de um quarto

Veja como é possível, com um pouco de imaginação, redecorar um quarto dispondo de um orçamento bem apertado

O objetivo de nosso trabalho nesse ambiente foi criar uma atmosfera íntima e aconchegante, gastando o mínimo possível.

O quarto era mobiliado com móveis díspares e sem charme.

O trabalho efetuado:

- para dar uma cara nova ao quarto, alguns móveis foram pintados com duas cores bem contrastantes: azul e rosa vibrantes.

- Outros móveis foram acrescentados: um biombo, uma lâmpada de estilo japonês e uma mesinha de plástico, que também foi pintada . Tudo foi comprado usado.

- Um espelho um pouco desgastado também ganhou cara nova, com flores artificiais da cor da tinta rosa usada nos móveis.

- Para completar a decoração, foram criados adesivos de paredes na forma de passarinhos, feitos com contact plástico, além de três quadros. Para isso, foram usados o resto da tinta azul e adesivos comprados numa loja de R$ 1,99.

Você gostou dessas idéias? Também quer redecorar um quarto sem gastar muito? Chame já a coach em decoração! Marina Ribadeau Dumas, Rio de Janeiro, serenidade.decor@gmail.com, (21) 9799.3777


 

Veja como é possível, com um pouco de imaginação, redecorar um quarto dispondo de um orçamento bem apertado

O objetivo de nosso trabalho nesse ambiente foi criar uma atmosfera íntima e aconchegante, gastando o mínimo possível.

Photo av/ap

O quarto era mobiliado com móveis díspares e sem charme.

O trabalho efetuado:

- para dar uma cara nova ao quarto, alguns móveis foram pintados com duas cores bem contrastantes: azul e rosa vibrantes.

Meubles peints

- Outros móveis foram acrescentados: um biombo, uma lâmpada de estilo japonês e uma mesinha de plástico, que também foi pintada . Tudo foi comprado usado.

Photos paravent/photo table basse

- Um espelho um pouco desgastado também ganhou cara nova, com flores artificiais da cor da tinta rosa usada nos móveis.

Foto miroir

- Para completar a decoração, foram criados adesivos de paredes na forma de passarinhos, feitos com contact plástico, além de três quadros Para isso, foram usados o resto da tinta azul e adesivos comprados numa loja de R$ 1,99.

Você gostou dessas ideias? Também quer redecorar um quarto sem gastar muito? Chame já o coach em decoração! Marina Ribadeau Dumas, Rio de Janeiro, serenidade.decor@gmail.com, (21) 9799.3777


como é possível, com um pouco de imaginação, redecorar um quarto dispondo de um orçamento bem apertado


Dicas para uma decoração colorida (2) Como associar as cores?

Inspire-se no equilíbrio dos decoradores

Um jeito de associar cores diferentes sem errar e de seguir essa técnica de decoradores: associe três cores de famílias diferentes, mas em proporções bem determinadas. Use a primeira como cor dominante (80% do espaço colorido) nas paredes. Use a segunda em 15% – por exemplo, nas cortinas, no sofá ou no edredom no quarto. Já a terceira fica na proporção de 5%, em pequenos toques nos acessórios.

Opte por um « camaïeu »

O termo “camaïeu” ou “degradé” designa vários tons de uma mesma cor. Misturando tons claros e mais escuros de uma mesma cor, você pode ter certeza de que vai conseguir uma associação harmoniosa. Por isso, o “camaïeu” é uma opção segura.


Ouse em cores contrastadas

Mais arriscada, outra possibilidade é optar pelos contrastes. Quando duas cores de famílias diferentes se opõem, chama-se isso de contraste – por exemplo, o verde com o vermelho, o laranja com o azul, o roxo com o amarelo, etc.

Essas associações, mais ousadas, permitem dar uma personalidade única a um ambiente… a condição de conseguir uma boa associação!

Marina Ribadeau Dumas, coach em decoração, Rio de Janeiro, serenidade.decor@gmail.com, Cel. (21) 9799.3777


Dicas para uma decoração colorida (1) Como escolher as cores?

Tudo mundo gosta de uma decoração colorida, mas pode ficar difícil escolher as cores e, mais ainda, criar uma harmonia entre elas. Aqui estão algumas dicas que facilitam essa tarefa para você.

Escolha uma cor dominante

Para escolher a cor dominante do ambiente, primeiro você tem que decidir o estilo de decoração que você quer adotar: clássico, contemporâneo, étnico, zen, etc. Nesse blog, você vai achar vários posts com idéias de estilo para você adotar e, para cada um deles, conselhos de cores para combinar.

A partir do estilo escolhido, você vai poder definir uma paleta de cores possíveis: tons claros ou cores vivas e, dentro dessa paleta, escolher uma cor dominante.


O mais importante é que a decoração seja do seu jeito. Se você está em dúvida opte por cores claras, que são mais fáceis de usar, e deixe as cores mais ousadas para os acessórios que você poderá trocar – caso você se canse das cores.

Use cores diferentes em função da orientação dos quartos

A orientação do quarto é essencial para escolher a cor. Nos quartos orientados para o sul costuma faltar sol, então é melhor escolher tons quentes para trazer alegria e tornar a atmosfera mais luminosa (amarelo, laranja…).

Nos ambientes orientados ao norte, as cores frias (azul, verde, branco…) funcionam bem.

Porém, esses princípios não são obrigatórios. Não desista de uma decoração que você deseja por causa deles. Mas é bom considerá-los na sua decisão.

Procure harmonizar as cores dos diferentes quartos

Se sua casa ou apartamento tem ambientes abertos, que se comunicam uns com os outros, é importante procurar harmonizar as cores dos diferentes cômodos para conservar uma continuidade.

Jardin Escondido - © 2010 Z Hotel Group

Outra opção é usar a mesma cor em todos os quartos, acrescentando toques de cores diferentes em algumas paredes ou nos acessórios, para personalizar e destacar cada quarto.

Use as cores para corrigir os volumes

As cores influenciam bastante em nossa percepção dos volumes. Graças a elas, você pode valorizar as qualidades de um quarto ou, pelo contrário, atenuar seus defeitos.

Para abaixar a altura de um teto, por exemplo, é aconselhado pintá-lo de uma cor escura. Isso vai dar a impressão que ele fica mais perto do chão. Por outro lado, uma cor mais clara que a das paredes vai fazer o teto parecer mais alto.

Para corrigir as perspectivas, você pode pintar uma parede de uma cor diferente. Isso vai chamar a atenção e modificar a percepção do espaço.

Marina Ribadeau Dumas, coach em decoração, Rio de Janeiro, serenidade.decor@gmail.com, Cel. (21) 9799.3777

 

r. Nos quartos orientados para o sul costuma faltar sol, então é melhor escolher tons quentes para trazer alegria e tornar a atmosfera mais luminosa (amarelo, laranja…).

Nos ambientes orientados o norte, as cores frias (azul, verde, branco…) funcionam bem.

Azul-quarto.jpg

Porém, esses princípios não são obrigatórios. Não desista de uma decoração que você deseja por causa deles. Mas é bom considerá-los na sua decisão.

Procure harmonizar as cores dos diferentes quartos

Se sua casa ou apartamento tem ambientes abertos, que se comunicam uns com os outros, é importante procurar harmonizar as cores dos diferentes cômodos para conservar uma continuidade.

Cor-pieces-enfilade.jpg

Outra opção é usar a mesma cor em todos os quartos, acrescentando toques de cores diferentes em algumas paredes ou nos acessórios, para personalizar e destacar cada quarto.

Use as cores para corrigir os volumes
As cores influenciam bastante em nossa percepção dos volumes. Graças a elas, você pode valorizar as qualidades de um quarto ou, pelo contrário, atenuar seus defeitos.

Para abaixar a altura de um teto, por exemplo, é aconselhado pintá-lo de uma cor escura. Isso vai dar a impressão que ele fica mais perto do chão. Por outro lado, uma cor mais clara que a das paredes vai fazer o teto parecer mais alto.

Teto-pintado.jpg

Teto-pintado2.jpg

Para corrigir as perspectivas, você pode pintar uma parede de uma cor diferente. Isso vai chamar a atenção e modificar a percepção do espaço.

Dicas para uma decoração colorida (1) Como escolher as cores?


Decoração de quartos de crianças: idéias para sair do azul e do rosa !

Verde, laranja, amarelo, vermelho… É só olhar os desenhos das crianças para ver o quanto elas gostam das cores tônicas. Aqui vão algumas idéias para criar quartos de crianças coloridos e originais.


Um quarto de princesa? Sim, mas de princesa Indiana!

Adorei o quarto que a designer francesa Ophélie Esteve fez para sua filha. Mostra que o estilo étnico funciona também para os pequenos.


Idéias para se inspirar:

- pintar móveis de cores alegres.

- misturar móveis e objetos antigos e modernos

- colocar um tecido ou papel de parede bem colorido e contrastado numa parede só, para a decoração não ficar pesada demais.


Um quarto colorido inspirado no estilo pop

O estilo pop, inspirado nos anos 60, é um repleto de cores e de bom humor, que combina bem com a energia dos filhotes.

Idéias para se inspirar:

- Paredes com papel de parede ou pintura de cores ou estampas diferentes

- Ousar na mistura de cores vivas nos móveis e acessórios


Um quarto com cores contemporâneas

Outro jeito é criar um quarto de criança original e escolher cores contemporâneas, como o cinza, o marrom chocolate, o cáqui, etc.

Idéias para se inspirar:

- Cores incomuns nas paredes ou numa parede só

- Cama e edredom neutros, em vez de serem muito marcados para « criancinhas ». A vantagem é que, quando a criança cresce, não precisa trocar.

- São os acessórios que dão o toque infantil. Como é fácil trocá-los, o quarto pode evoluir junto com a criança, sem que seja preciso repensar sua decoração.

Marina Ribadeau Dumas, coach em decoração, Rio de janeiro – serenidade.decor@gmail.com – (21) 9799.3777


O verde, uma decoração da cor da natureza

Símbolo da natureza, da “atitude zen” e da moda ecológica, o verde está fazendo sucesso na decoração. O verde é a cor da harmonia, ele serve muito bem para criar uma atmosfera calmante e tranquilizante.

Relaxante, o verde é bastante utilizado para os banheiros em tons associados à  natureza. Pintar uma parede de verde traz um frescor que é bem vindo no verão e acrescenta a luminosidade ao ambiente.

Aqui o verde escolhido é bem suave. Mas a cor é clara, mas ela propõe uma sensação de paz.

O verde suave é bem vindo na decoração étnica, por exemplo, no estilo zen japonês:


Nessa outra sala foi colocada um verde mais impactante e azulado para criar uma decoração intima e aconchegante. Associada ao branco, a cor verde continua tranquilizante e luminosa, mesmo nesse tom mais forte.

A luminária vermelha, as poltronas laranjas e o sofá marrom destacam-se nesse fundo verde.

Para  aqueles que estão procurando uma decoração diferente, podem optar para o “total verde”, até nos acessórios, como nesse quarto:

O impacto do verde está atenuado aqui com o efeito da pintura texturizada que dá um relevo à parede. Esse verde elétrico, rico em amarelo, está contrastado com pontos de preto e marrom escuro dos móveis.

Mas o verde pode servir também para alegrar a cozinha, acrescentando, por exemplo, acessórios vermelhos e amarelos. Relaxante, o verde é ótimo nos quartos e salas.

Existe uma infinidade de tons de verde que você pode usar para criar atmosferas diferentes: um cáqui para um cômodo masculino e contemporâneo, um turquesa para um ambiente mais sofisticado, um verde maçã associado à um rosa mais claro para criar uma atmosfera romântica moderna etc.

Marina Ribadeau Dumas, coach em decoração, Rio de janeiro – serenidade.decor@gmail.com, (21)9799.3777


O laranja na decoração: uma cor moderna e estimulante (2)

Como usar o laranja na sua decoração? Dependendo do tipo de laranja escolhido e das cores associadas, podem-se obter vários estilos de decoração:

Uma atmosfera calorosa e relaxante

Associado ao branco ou marfim, o laranja perde um pouco da sua tonicidade e traz uma atmosfera calorosa e relaxante.

Para reforçar esse efeito, opte por um laranja cor de pêssego ou salmão. Agradáveis, modernos, esses tons esquentam sem chocar e podem ser usados em superfícies grandes. Eles combinam muito bem com móveis ou pisos de madeira.

A doçura e a luminosidade desse tipo de laranja são perfeitas para os quartos, mas também para os ambiente de recepção: sala de estar, entrada, corredor.

Uma decoração contemporânea

Se a cor laranja faz pensar nos anos 70, você pode dar a ele um estilo contemporâneo, associando-o a cores mais escuras como o cinza, o cáqui ou o marrom.

A associação do laranja com o preto também traz um efeito bem moderno, como nesse banheiro:

Um estilo pop vintage

Para quem procura uma decoração bem colorida, o ideal é adotar um laranja forte associado a cores intensas como o azul, o vermelho ou o rosa. Laranja elétrico, laranja cenoura ou tangerina trazem modernidade e dinamismo em qualquer ambiente.

Para um estilo pop, crie uma decoração tom  sobre tom, com papel de parede coordenado e móveis vintages.

Uma decoração étnica

Os tons laranja pigmentados podem ser usados para criar uma decoração étnica. Eles se parecem com as matérias tradicionais usadas no Oriente e África.

Os pigmentos laranja dessa banheira nos transportam diretamente para Marrocos.

O laranja de cor coral ou cobre, mais avermelhado, também podem ser associados aos objetos exóticos, num estilo mais eclético.

Marina Ribadeau Dumas, coach em decoração, Rio de Janeiro – serenidade.decor@gmail.com, (21)9799.3777


O laranja na decoração: uma cor moderna e estimulante (1)

Tônica, a cor laranja é uma cor moderna que estimula os sentidos e suscita bom humor e bem estar.

Cor do fogo, o laranja ilumina a decoração e compensa a falta de luz. Contraria a uma idéia muita difundida, ela não é uma cor que excita, mas que estimula. Por isso, pode ser usada em todos os tipos de ambientes, do quarto à sala.

A cor laranja fez sucesso nos anos 70 nos azulejos, nas papéis de parede, até nos móveis. Hoje ela está voltando à moda, mas em tons atenuados: bege alaranjado, cor de cobre, de pêssego ou mais avermelhado como a cor do coral.

Menos chocante que os laranjas dos anos hippies, esses laranjas são hoje em dia mais ricos, sutis e preciosos.

Como usar o laranja na sua decoração? Dependendo do tipo de laranja escolhido e das cores associadas, podem-se obter vários estilos de decoração.

Amanhã: dicas para saber como usar a cor laranja e criar atmosferas diferentes.

Marina Ribadeau Dumas, coach em decoração, Rio de janeiro – serenidade.decor@gmail.com


Como integrar a arte de seus filhos na sua decoração?

Se você tem filhos, você já sabe do problema: cada ano cada criança leva para casa flores de papel no dia das mães, gravata pintada com as mãos para o dia dos pais, árvore decorada para o Natal, bandeirinhas da festa junina, sem falar das obras primas feitas nas colônias de férias e da produção que eles fazem em casa para dar de presente para a gente…

O que se pode fazer com tantas maravilhas? Aqui estão algumas soluções para valorizar a criatividade das crianças sem que a sua casa se pareça com uma creche!

1. A guirlanda de desenhos

As crianças desenham muito e gostam de ver os desenhos expostos. Escolha junto com elas os desenhos mais bonitos e pendure-os com prendedores pintados.

É uma solução barata e prática, pois pode trocar os desenhos quando quiser. Pode usar para enfeitar paredes do quarto da criança, do corredor, da cozinha etc.

2. O mini museu

Reúne as obras de arte num cantinho só, a beira de uma janela, na estante da sala, na escada etc.


3. O quadro digital

Tire fotos de todas as obras de seus filhos (desenhos, pinturas, esculturas etc.) e coloque-as numa tela. Os pequenos adoram e não precisa de muito espaço.


4. A exposição de fotos

Mesma idéia, mas sem o quadro digital. Pode expôr as fotos numa parede da entrada, da escada ou do corredor. Se você não tem espaço suficiente, pode colocá-las num álbum e guardar as obras originais num armário!

5. Integrar a arte das crianças na sua decoração

Trate as produções delas como arte de verdade.

Coloque, por exemplo, um desenho num quadro no meio de outros quadros decorativos, uma escultura de argila perto de objetos de arte numa mesa baixa etc.

Marina Ribadeau Dumas, coach em decoração, Rio de Janeiro – serenidade.decor@gmail.com, (21)9799.3777


O estilo zen japonês (2)

O estilo japonês é um estilo minimalista, fácil e barato de adotar. Aqui estão idéias para decorar o seu quarto com um toque asiático zen.

No quarto, os Japoneses usam um futon acima de um tatame.

Cuidado se você decidir comprar um futon, tem que ser disciplinado, pois precisa ser batido e virado com regularidade.

Existe também camas rasas pintadas de preto que combinam bem com o estilo japonês.

Como criado mudo, uma opção bem barata é usar banquinho de MDF pintados de preto.

Use poucos acessórios e prefira posicioná-los de um jeito assimétrico. A simetria representa para os japoneses o estancamento, contrariamente à assimetria, que é criativa.

Para decorar, pode colocar velas vermelhas num prato com pétalas de rosa secas ou pedrinhas brancas. Pense também nas plantas como os bambuzinhos ou um bonsai. Pode experimentar a arte do arranjo de flores tradicional japonês, o “Ikebana”, que reproduza toda a serenidade e a paz desse país.

Para saber mais sobre o estilo japonês, acesse esse site. Para ver exemplos de como integrar o estilo japonês numa decoração mais contemporânea, clique aqui.

Precisa de mais conselhos para adaptar o estilo japonês à sua casa, agende uma visita gratuita ! Marina Ribadeau Dumas, serenidade.decor@gmail.com, (21)9799.3777


Cinco ideias de cabeceiras baratas para fazer você mesmo

A cabeceira é a primeira coisa que se vê entrando no quarto. Uma boa razão para caprichar na hora de escolher uma. Para fugir da decoração de todo mundo e economizar, aqui estão cinco modelos de cabeceiras que você mesmo pode fazer.

Um varão para múltiples opções

O varão é o ideal para quem quer poder variar de cabeceira com facilidade. É só coloca-lo na parede acima da cama e depois pode vesti-lo como você quiser: cortinas, almofadas penduradas, tecidos artesanais etc. Deixe a sua imaginação falar.

A facilidade com os adesivos de parede

Práticos e engraçados, os adesivos de paredes oferecem uma infinidade de decoração. Existem adesivos especiais para servir de cabeceira, mas também pode usar adesivos clássicos (flores, árvores, animais etc). Não se preocupe na hora de colocá-los na parede, pode errar, os adesivos são reposicionáveis.

Fabrique uma cabeceira de madeira

Junte pedaços de madeira ou de bambu para formar uma cabeceira no estilo natura ou étnico.

Pinta a parede acima da cama

Você é um pouco artista? Então use as suas habilidade para pintar a parede ou um quadro da mesma largura que a sua cama, pois você poderá pendurar como cabeceira.

Recorte papel de parede

Recortado, o papel de parede oferece também uma infinidade de opções para criar uma cabeceira de cama original:

Marina Ribadeau Dumas, coach em decoração, Rio de Janeiro – serenidade.decor@gmail.com


Shopping estilo Gustaviano

Almofada, Cinerama

Castiçais, Etna

Colcha bouti, Portcasa

Mini espelho, Tok&Stok

Lustre Flor, Deposito Santa Fe

Cortina, Cinerama


O estilo Gustaviano : a sobriedade chique inspirada da França

Um pouco parecido ao estilo Provença, o estilo Gustaviano pode trazer doçura e romantismo ao seu interior. Esse estilo vem da Suécia, onde o rei Gustave III, que adorava o estilo Francês, importou-o para país dele. Os cenários do Versailles ficaram simplificados por causa de restrições econômicas: o algodão substitui a seda e as tintas nos tons de branco e cinza azulado as douraduras.

O sucesso do estilo Gustaviano deve muito a essa simplificação, porque essa sobriedade chique adapta-se a todos os interiores.

O ton de cinza azulado traz claridade e delicadeza aos ambientes escuros, também transmite sensação de frescor tipicamente nórdica.

Para as paredes e os tecidos, escolha cores pastel: cinza, azul, rosa, amarelo, bem suaves. Os tecidos serão de linho ou algodão nas mesmas cores, marfim ou branco ou marromaclaro.

Esse estilo combina muito bem com os pisos de madeira. Se o seu está estragado, aproveite para pintar o de branco ou branco acinzentado, vai transformar totalmente o ambiente.

Os móveis do estilo Gustaviano são pintados com o efeito “mal pintado” das pátinas e dos decapês que imprimem ar desgastado aos móveis, igual ao estilo Provença.

Associe esses móveis com acessórios mais sofisticados para brincar com os contrastes: um quadro dourado, um luminar refinado, por exemplo.

Onde usar o estilo Gustaviano?

O estilo Gustaviano combina, muito bem com os quartos, porque traz a serenidade propícia ao descanso.

Mas esse estilo funciona para todos os cômodos, até banheiros:

Para achar ideias e se inspirar no estilo Gusaviano, consulte: Gustavian Design, site inglês de uma loja de móveis com encenações de interiores bacanas e Style patine, site francês providenciando exemplos de móveis pintados, Lissu, blog finlandês.

Você gostou do estilo Gustaviano e precisa de conselhos para adaptá-lo á sua casa? Entre em contato! serenidade.decor@gmail.com

Marina Ribadeau Dumas


A volta dos papéis de paredes

O papel de parede está de novo na moda. Com desenhos originais, é um jeito de transformar os interiores de acordo com o gosto de cada um. Existem hoje várias opções para usa-lo de um jeito original e transformar um ambiente sem gastar muito. Aqui está algumas ideias para você se inspirar.

Se decidir usar o papel de parede de um jeito tradicional, cobrindo todas as paredes de um quarto com o mesmo papel, pode revistar a tradição, escolhendo papéis com uma textura diferente. Hoje em dia, existem todos os papéis que você pode imaginar: papéis que imitam madeira, fibras naturais, outros que têm aspeto metalizado, de cerâmica ou de tecido.

A moda está no papel numa parede só para estruturar o espaço dentro do cômodo, por exemplo, delimitar o espaço das refeições numa sala ampla.

Pode também escolher usar os papéis de parede para criar painéis decorativos. Para obter uma cara bem moderna, alterne bandas de papéis de diferentes cores e tipos. O efeito fica mais alegre e é muito mais fácil de trocar quando você se cansã da decoração.

Os mais corajosos podem misturar papéis recortando quadrados para fazer um trabalho de retalhos.

Colocado num quadro, o papel de parede pode até se tornar arte:

Outra ideia é de recortar o papel de parede em formas de  círculos ou animais para enfeitar as paredes. Fica bem bacana nos quartos de crianças, por exemplo.

s

Gosta da ideia de usar papéis de parede de um jeito original, mas quer mais conselhos? Chame o coach!  serenidade.decor@gmail.com

Marina Ribadeau Dumas


O estilo chinês, um estilo asiático desconhecido

O estilo asiático designa vários tipos de decoração inspirados nos países Ásiáticos: Tailândia, Indonésia, China, Japão etc. O estilo mais conhecido é o japonês, mas vamos ver que a decoração chinesa também é inspiradora.

As cores da decoração chinesa são o vermelho, o rosa, o amarelo e o preto. Se você adota um estilo chinês na sala pode pintar as parede de amarelo e usar acessórios vermelho. Também pode usar o vermelho nas paredes, mas, como é uma cor estimulante, é melhor usar com moderação nos quartos.

Nos tecidos, para cortinas, capa de sofá ou edredom, pode usar mais cores. Existe na China uma tradição de estampados florais bem contrastados. Pode-se encontrar tecidos parecidos no Brasil. Como matéria, mistura o algodão e a seda que propõe uma atmosfera mais refinada.

Os verdadeiros móveis chineses, pintados à mão são difíceis de encontrar a um preço acessível no Brasil. No lugar, pode comprar móveis pretos laqueados ou pintar seus móveis. Um móvel chinês pequeno, tipo um cofre, bem escolhido, pode ser suficiente para dar um estilo chinês ao ambiente se o resto dos móveis for discreto.

Pode acrescentar signas chinesas nas paredes, nas portas ou nos acessórios (um abajur, por exemplo). Na internet, você vai achar sites onde você pode digitar uma palavra e achar a tradução caligrafada em chinês. Pode escrever nas portas o nome de cada cômodo: cozinha, quarto, banheiro etc.

Outra opção é de comprar acessórios que já vêm com signas chinesas: cortinas, edredom, quadros etc. Mas use com moderação: limite essas signas a alguns lugares ou acessórios.

Se decidir decorar a sua casa no estilo chinês, não é preciso muitos acessórios. Um leque bem grande e bonito na parede acima da cama ou um kimono num quadro na sala pode ser suficiente.

Onde usar o estilo chinês? Esse estilo combina com todos os cômodos, mas pode ficar monótono decorar a casa toda do mesmo jeito. Limite-o, por exemplo, ao seu quarto, á sala ou ao banheiro, para criar um efeito de surpresa.

Outra opção é a de misturar o estilo chinês com outros estilos que você gosta (contemporâneo, clássico, design, etc.)

Precisa de mais conselhos para adaptar o estilo chinês á sua casa, agende uma visita gratuita e sem compromisso para saber como podemos ajudar você. serenidade.decor@gmail.com

Marina Ribadeau Dumas


Onde usar o estilo Bollywood?

O estilo Bollywood oferece uma decoração 100% kitsch, alegre e colorida (ver post Estilo Bollywood) e pode ser usado em varias tipos de cômodos.

Pode usar o estilo bollywood na sala para criar um ambiente cocooning e alegre. Pode usar uma mesa de centro baixa e jogar almofadas tipo futon no chão, acrescente almofadas com estampas coloridas e ascendam velas !

Uso o estilo Bollywood no quarto, para uma atmosfera “mil e uma noite” bem romântica. Par conseguir isso, coloque cortinas transparentes para enquadrar a sua cama e acrescente um pisca-pisca colorido atrás para uma iluminação suave.

O estilo Bollywood funciona muito bem nos ambientes pequenos e sem carátero.

Nos cômodos maiores, tem que usar com mais cuidado, evite o “total look” e limite o Bollywood a um espaço especial, por exemple pintando uma parede só.

Quer mais conselhos para adaptar o estilo Bollywood á sua casa? Agende uma visita gratuita: serenidade.decor@gmail.com

Marina Ribadeau Dumas


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 71 outros seguidores